Esporte

14/09/2018 17:43 gazetaesportiva.com.br

Sem Neymar, PSG goleia Saint-Étienne e segue 100% no Francês

Pela quinta rodada do Campeonato Francês, o Paris Saint-Germain recebeu o Saint-Étienne em busca de manter sua invencibilidade. E apesar de desfalcado de Neymar, poupado após os amistosos da Seleção, e Mbappé, suspenso após expulsão, a equipe da casa garantiu uma goleada pelo placar de 4 a 0.

Depois de um primeiro tempo, em que o PSG achou o gol inaugural, a equipe enfim deslanchou na segunda etapa. Ampliou com um pênalti convertido por Cavani e aí se soltou de vez. Foi para cima dos adversários e conseguiu mais dois tentos, decretando a goleada.

Com o resultado, o time da capital francesa mantém o 100% neste início de campeonato, indo a 15 pontos e ficando com a liderança isolada. O Saint-Étienne, por sua vez, que vinha de três empates consecutivos, fica agora a quatro rodadas sem ganhar, estacionando nos seis pontos.

Na rodada seguinte, o Saint-Étienne entra em campo para receber o Amiens, no sábado, dia 22, às 15h (de Brasília). No dia seguinte, é a vez do PSG entrar em ação, quando visitar o Rennes pela manhã, às 10h (de Brasília).

O jogo

O Paris Saint-Germain começou o jogo indo para cima e chegou pela primeira vez logo no primeiro minuto. Di María fez excelente jogada pela direita e tocou para Draxler, que chutou e parou na defesa de Ruffier.

Na sequência, o Saint-Étienne recuperou a bola e trocava passes, à procura de espaços na defesa adversária. E achou. Com três minutos de bola rolando, Khazri chutou forte de longe, para boa defesa de Areola no meio da meta.

A partida era equilibrada, com chances para ambos os lados. O jogo estava aberto e aos 13 minutos, os visitantes ficaram perto de abrir o placar. Após erro do PSG na saída de bola, Salibur avançou pela direita e cruzou na pequena área. No entanto, Diony, sozinho, mandou para fora.

Draxler alivia a pressão e abre o placar

O Saint-Étienne seguia chegando com perigo e quase inaugurou o marcador novamente aos 20 minutos, quando M’Vila tentou o chute da entrada da área, e a bola passou muito perto do gol de Areola.

No entanto, como diz o ditado, “quem não faz, toma”. Dois minutos depois, Draxler recebue o cruzamento dentro da área, tocou de cabeça e a bola subiu. Ela voltou novamente para o meia, que cabeceou novamente, desta vez, para  fundo das redes: 1 a 0.

Na sequência, a pressão inverteu de lado e quase sai o segundo do PSG logo depois do primeiro. Em boa triangulação no ataque, Di María recebeu e arriscou o chute. A bola, porém, desviou na zaga e saiu pela linha de fundo.

Depois, contudo, o time da casa deu uma esfriada no jogo e trocava passes no meio de campo. A partida ficou bastante truncada, com muitos erros de ambos os lados. E acabou indo para o intervalo sem mais emoções e também sem acréscimos.

Cavani amplia para PSG

A segunda etapa começou agitada. Logo aos dois minutos, Cavani foi derrubado dentro da área e o juiz marcou penalidade máxima. O próprio uruguaio foi para a bola e cobrou com categoria no canto direito, deslocando o goleiro: 2 a 0.

Os visitantes tentavam diminuir a vantagem, mas a partida seguia sem muitas emoções. Até os 18 minutos. Bernat recebeu livre na direita, cruzou, e Kolodziejczak desviou contra a própria meta. O bandeirinha, porém, marcou impedimento do lateral-esquerdo parisiense e anulou o gol.

Na sequência, Thiago Silva salvou o PSG. Com 25 minutos completos, Diony recebeu na medida, mas o zagueiro brasileiro se antecipou e conseguiu cortar na hora certa.

Sem tempo para respirar, a equipe da casa logo respondeu e chegou ao terceiro gol. Após erro da zaga dos visitantes, a bola sobrou para Di Maris, que chutou cruzado, no alto, sem chances para Ruffier: 3 a 0.

O PSG se animou e partiu para o ataque, colocando pressão nos adversários. E deu resultado. Aos 38 minutos, Draxler invadiu a área, cruzou, e Diaby chegou apenas para mandar para o fundo das redes e sacramentar a goleada.

O time visitante ainda bem que tentou marcar o gol de honra, mas quem estava mais perto de balançar as redes eram os donos da casa. Nos acréscimos, na última tentativa, Diaby chutou de fora da área, e Ruffier evitou o quinto gol em excelente defesa.

Confira outros jogos do dia:

Nice 2 x 1 Rennes


EXPEDIENTE

RÁDIO CIDADE - A Nº 1 - A VOZ DO VALE DO PEIXOTO
Telefones: (66) 3595-1144 ou 3595-1578
Celular: (66) 9 9937-1144

Redes Sociais

Rádio Cidade - Todos os Direitos Reservados.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo