Esporte

15/09/2018 13:29 gazetaesportiva.com.br

Coutinho entra e Barcelona vira em três minutos no Espanhol

O Barcelona não teve uma grande apresentação neste sábado, contra a Real Sociedad, em San Sebastian, pela quarta rodada do Campeonato Espanhol. Dando muitos espaços na defesa e sofrendo para encaixar um jogo mais intenso, a equipe contou com a boa entrada de Philippe Coutinho, no intervalo, e viu a derrota parcial transformar-se em vitória no espaço de dois minutos, com gols de Suárez e Dembelé. Elustondo foi quem anotou o dos mandantes.

Com o resultado, o Barça mantém seu 100% de aproveitamento do torneio, com quatro vitórias em quatro jogos. A Real, por sua vez, estaciona nos quatro, no meio da tabela. Na próxima rodada, Lionel Messi e companhia encaram o Girona, no domingo que vem, no Camp Nou. Antes, também em casa, a equipe estreia na Liga dos Campeões na terça-feira, contra o PSV-HOL.

Sem contar com os jovens brasileiros Arthur e Malcom, que nem sequer foram relacionados para a partida, o técnico Ernesto Valverde apostou no trio Messi, Suárez e Dembelé para levar perigo ao adversário. Porém, com um tridente mais forte na marcação em seu meio-campo, formado por Rakitic, Sergi Roberto e Rafinha, o treinador viu seus atacantes sofrerem para receber bolas em condição de armar jogadas.

Para piorar a situação dos catalães, os donos da casa não tardaram a abrir o placar. Aos 12 minutos, após falta cobrada da intermediária pelo lado direito na área do Barça, a zaga não conseguiu afastar com precisão e Elustondo, com muita felicidade, acertou um chute de canhota no canto esquerdo, sem chances de defesa para Ter Stegen.

A dificuldade na criação fez com que as chances de empate dos visitantes saíssem apenas nas bolas paradas. As duas mais perigosas terminaram com Piqué, que cabeceou uma rente à trave e foi abafado por boa saída de Rulli na outra, chutando em cima do goleiro.

Incomodado com a falta de criação, Valverde voltou para o segundo tempo com Coutinho na vaga de Semedo, jogando Sergi Roberto para a lateral e tornando o time mais ofensivo. Após alguns sustos, com Stegen salvando em boa chance de Theo, a postura atacante da equipe visitante rendeu a virada.

O grande ator da retomada, no entanto, foi o arqueiro Rulli. Hesitante, ele saiu mal após cobrança de escanteio, parou a primeira cabeçada de Piqué, mas viu Suárez anotar no rebote, aos 18. Três minutos depois, Rulli não achou nada em outra saída do gol, a zaga afastou parcialmente e Dembelé, de primeira, mandou para o gol vazio, consolidando uma rápida e quase injusta virada.

A vantagem deu aos catalães o contra-ataque, mas sem grande efetividade. Com a margem mínima, os minutos finais foram de bastante sofrimento do Barça, que pediu o final do jogo a todo momento. Contando com a imprecisão do adversário e mais uma grande jornada de Ter Stegen, o triunfo não teve como fugir da equipe.


EXPEDIENTE

RÁDIO CIDADE - A Nº 1 - A VOZ DO VALE DO PEIXOTO
Telefones: (66) 3595-1144 ou 3595-1578
Celular: (66) 9 9937-1144

Redes Sociais

Rádio Cidade - Todos os Direitos Reservados.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo