Colíder está sediando hoje a sexta etapa do Circuito Nelore de Qualidade, iniciativa da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB) com correalização da Associação dos Criadores de Nelore do Mato Grosso (ACNMT).

O evento tem ainda apoio da Friboi e Matsuda Sementes e Nutrição Animal. A etapa deve avaliar pelo menos 530 animais. Após Araputanga, Pontes e Lacerda e Alta Floresta, Colíder é a quarta cidade de Mato Grosso a receber o Circuito este ano.

 “Os animais se sobressaem cada vez mais, o que tem ficado muito evidente pelos resultados apresentados. Colíder deve continuar com a mesma qualidade, mostrando a força da pecuária mato-grossense”, destaca André Locateli, Gerente Executivo da ACNB.

Após a realização da etapa de Colíder, o Circuito Nelore de Qualidade passará por mais 29 cidades, em 2021.

Aldo Rezende Telles, presidente da ACNMT, tem boas expectativas para a etapa do Circuito, em Colíder, cidade que possui rebanho de mais de 368 mil bovinos.

“Colíder é muito importante para a economia estadual. A realização do Circuito contribui para manter a economia aquecida e, com isso, gerar empregos e renda, além de promover as melhores práticas na pecuária”, avalia Telles, que se orgulha do trabalho incansável da pecuária brasileira, que não parou e cresceu, em 2020.

Neste ano, o Circuito Nelore de Qualidade conta com mais um campeonato nacional: “Melhores Lotes de Carcaças de Animais com Pai Identificado”, com a participação de progênies de touros identificados. Trata-se de mais uma oportunidade para comprovar a qualidade da genética selecionada.

Outra novidade é a Medalha Ouro Branco, que valoriza os lotes de fêmeas com até quatro dentes incisivos permanentes (d.i.p.) e machos castrados com até dois d.i.p., com cobertura de gordura na carcaça mediana ou uniforme e peso de carcaça quente entre 16 e 25 arrobas.

Fonte: Nortão Online com Assessoria