O Corpo de Bombeiros informou, que fez o resgate do motorista de uma Mercedes-Benz branca, que tombou na Serra do Cachimbo, já na região do Pará. No entanto, quando estavam chegando em Guarantã do Norte, na tarde desta quarta-feira (21), o caminhoneiro acabou não resistindo aos graves ferimentos e morreu. Ele foi identificado como Gildásio Menezes da Silva, de 65 anos.

Um soldado dos bombeiros explicou que o caminhoneiro foi retirado das ferragens da carreta por pessoas que passavam pela rodovia e levaram ele até a Unidade de Resgate que foi ao encontro. “Fizemos a transferência e seguimos para Guarantã. No caminho, fizemos até um torniquete (usado para barrar a circulação sanguínea), mas faltando pouco para chegar na cidade ele morreu”, disse o militar.

O motorista teve as pernas prensadas pelas ferragens da carreta que tombou de lado. Por conta disso, sofreu lesões graves e uma perna acabou sendo amputada.

As possíveis circunstâncias de como pode ocorrido o tombamento da carreta não foram detalhadas. A Polícia Civil investigará as causas.

Gildásio Menezes será sepultado em Sorriso, no entanto, os horários dos procedimentos fúnebres não foram divulgados.

Fonte: Só notícias