Na tarde desta quarta-feira (18), no Palácio Paiaguás, o governador Mauro Mendes e o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Beto Dois a Um, receberam os atletas de Mato Grosso que representaram o Estado nas Olimpíadas de Tóquio.

 

Felipe Lima da natação, Ana Sátila da canoagem, Almir Júnior do atletismo, Bruna Benitez do futebol feminino e Haline Leme Scatrut do rugby, receberam R$ 30 mil pela participação em Tóquio, graças ao Projeto Olimpus, programa financeiro para o desenvolvimento do esporte em Mato Grosso.

O Projeto Olimpus atende hoje 151 atletas profissionais e de base em diversas categorias, 40 treinadores e investe mais de R$ 3,2 milhões no incentivo às práticas esportivas em Mato Grosso.

“Enquanto eu for governador, o Projeto Olimpus estará garantido e não atrasará os repasses um dia sequer. Além disso, temos novidades, criaremos em breve mais uma categoria, que dará suporte à atletas mirins de 9 a 12 anos, tendo como inspiração a skatista Rayssa Leal, medalhista aos 13 anos. Quando percebemos um atleta com potencial, é obrigação do Estado incentivar. Com o Estado organizado e com as contas em dia, políticas públicas de qualidade serão cada vez mais frequentes. Parabéns a todos os atletas de Mato Grosso que tanto orgulho nos trouxeram”, diz o governador Mauro Mendes.

Lançado em 2020 pelo Governo de Mato Grosso, via Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT), o Projeto Olimpus se estende atletas, paratletas, atletas-guias e técnicos que conseguirem convocação para Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio.

“Não tenho dúvidas que no Brasil, o Projeto Olimpus é um dos mais poderosos projetos de apoio ao atleta. O programa apoia atletas desde a base estudantil, até atletas de alto rendimento, nacional e internacional. Agora, na segunda fase do projeto, acrescentamos os técnicos nacionais e internacionais, e o prêmio de participação olímpica, o máximo na carreira de um esportista”, destaca Beto Dois a Um.

Para a canoísta Ana Sátila, o Projeto Olimpus é de suma importância para que atletas de Mato Grosso cheguem cada vez mais longe.

“Esse apoio do Governo de Mato Grosso é de extrema importância para os atletas. É uma ajuda que influencia, motiva, impulsiona. Já tenho mais de 15 anos de carreira e essa é a primeira vez que recebo, de verdade, um incentivo dessa natureza. Consigo, finalmente, enxergar o reconhecimento do poder público e a dedicação ao esporte. Meu desejo é que o Estado continue sensível a essa causa. Vale apena o investimento. Assim, daqui a alguns anos teremos mais e mais atletas de alto rendimento representando Mato Grosso”.

“Essa boa fase do esporte em Mato Grosso só está sendo possível graças à sensibilidade do governador Mauro Mendes e da primeira-dama Virginia Mendes, que entendem como ninguém a importância do esporte como fator de transformação social”, conclui Beto Dois a Um.

Fonte: O Documento