Um aluno do 7º ano da Presbiteriana de Cuiabá foi expulso após entrar na instituição em posse de uma arma. O caso ocorreu nesta segunda-feira (19), na escola que fica na Avenida Coronel Escolástico, no região central da Capital. O estudante seria filho de uma policial civil.

De acordo com informações obtidas pelo FOLHAMAX, o aluno teria levado uma arma na escola e chegou a esconder na mochila de outra colega. Não há confirmação se a arma levada pelo aluno era verdadeira. 

No entanto, a situação gerou pânico entre os alunos e alguns pais ficaram extremamente preocupados com o ocorrido. Na página virtual em que somente tem acesso pais de alunos e a coordenação da escola, foi publicado um comunicado em que relata que o “fato” já estava resolvido. A escola, porém, "minimiza o caso" e não presta nenhum esclarecimento do que teria ocorrido.

Alguns pais ficaram com receio da situação, por falta de respostas mais esclarecidas do realmente teria ocorrido. A informação é que o aluno do 7º ano teria sido expulso da instituição evangélica.

A reportagem entrou em contato com a diretora da Escola Presbiteriana, que recomendou que fosse realizado o contato com o gestor da instituição. Contudo, todas as tentativas de contato por telefone e por aplicativo não foram atendidas.

OUTRO CASO

Em abril de 2019, um estudante de 15 anos do Colégio Coração de Jesus postou várias fotos com uma arma em punho, na sua conta pessoal no Instagram, com mensagens ameaçadoras. a situação gerou pânico e o aluno também precisou ser retirado da escola.

Fonte: Folhamax