A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) deflagrou na manhã desta quarta-feira (14.10) a Operação Integrada Ordem Pública que ao longo de três dias irá trabalhar com o objetivo de coibir a atuação de facções criminosas em Confresa, Vila Rica, Porto Alegre do Norte e outras cidades que compõem a Região Integrada de Segurança Pública (Risp) 10.

O lançamento da operação ocorrerá às 14h, na Praça Camilão, em Confresa (1.170 km de Cuiabá). Durante a manhã estão sendo cumpridos 12 mandados de prisão e dois de busca e apreensão. A atuação das forças de segurança se dará nos bairros com maiores índices criminais.

Durante cumprimento de um dos mandados de busca e apreensão, policiais entraram em confronto com um criminoso e o mataram. De acordo com informações, José Ferreira Ribeiro Neto, 24, estava em sua casa no Setor Arco Íris, em Confresa, portando uma arma.

Policiais deram a ordem para ele entregar a arma e se render, mas o bandido apontou o revólver para a equipe. Os policiais reagiram e atiraram no rapaz, que chegou a ser socorrido, mas morreu a caminho do hospital.

 

Uma outra pessoa também foi morta em confronto com policiais durante a operação. Os detalhes dessa morte não foram repassados.

COMBATE A FACÇÃO

Pelo menos 33 pontos de pichações de apologia ao crime serão pintados pelos servidores da Prefeitura de Confresa, tendo apoio dos servidores da Segurança Pública.

Equipes especializadas das polícias Civil e Militar atuarão em abordagens e qualificação de suspeitos nos mesmos bairros. Já o Corpo de Bombeiros Militar e a Polícia Militar realizam a fiscalização de estabelecimentos festivos e bares.

A operação conta com servidores das forças de segurança das seguintes instituições: Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Politec e Ciopaer.

 
 
Fonte: Folha max