Investigadores da Polícia Civil e soldados da Polícia Militar prenderam, hoje, em Guarantã do Norte, um acusado de roubar caminhão. A ordem para prendê-lo foi expedida pela justiça da 1ª vara criminal da Comarca de Sinop. O despacho judicial ordenando sua prisão foi expedido no último dia 12. Policiais seguiram algumas pistas e localizaram, esta manhã, o paradeiro do acusado que tem 23 anos e é natural de Peixoto de Azevedo. Ele poderá ser recambiado para Sinop.

Ele é réu no processo com outros 10 acusados. Consta na denúncia do Ministério Público do Estado (MPE), que no dia 30 de abril, o proprietário após estacionar o seu caminhão carregado de soja em um restaurante localizado na rodovia próximo de Sinop, foi surpreendido por dois acusados, que anunciaram assalto, sendo que, na oportunidade, os criminosos deixaram claro o interesse pela carga. O veículo foi localizado e a carga não

Conforme boletim de ocorrência, outro roubo ocorreu no dia 9 de maio também em Sinop. A vítima foi surpreendida em um posto de combustível e contou que foi abordada pelos bandidos armados, que anunciarem o assalto, instalaram um bloqueador de GPS para não serem localizados. Enquanto descarregavam a carga, mantiveram a vítima sob vigilância armada para assegurar o êxito do intento criminoso. Em razão do aparelho utilizado para bloquear o sinal do GPS estar danificado, fora possível, em tempo hábil, localizar o caminhão, bem como a carga de soja, tendo, também, nesta oportunidade sido presos em flagrante dois dos acusados pela prática, em tese, do crime de receptação.

O MP destacou ainda que eles fazem parte de uma quadrilha bem articulada, com a finalidade de subtrair cargas de soja e milho em Sinop e região, sendo, ainda, de conhecimento da polícia a ocorrência de inúmeros roubos de cargas, se valendo do mesmo modus operandi. Além disso, com o resultado da quebra do sigilo decretada pelo juízo foi possível verificar a ligação dos acusados com a prática dos crimes.

Fonte: sonoticias