A Polícia Civil, em ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis (212 km ao Sul), elucidou um crime de latrocínio, ocorrido no domingo (19) com a prisão dos dois suspeitos de praticarem o crime. As suspeitas são de que a vítima chegou a contar ao "amigo" Sirlei Bonfi, um dos suspeitos, de que teria um dinheiro guardado.

Esse mesmo amigo morou com a vítima durante o ano de 2015. O comparsas de Sirlei foi identificado como José Roberto Barbosa Rodrigues, 26 anos.

 O crime que vitimou Nelson Ferreira dos Santos, 48, ocorreu na manhã de domingo, na residência da vítima, no bairro Jardim Oliveira. No local, o corpo da vítima foi encontrado caído com um pano enrolado no pescoço.

A Polícia Civil e a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foram acionadas constatando se tratar de ocorrência de latrocínio. Diante do fato a equipe da Derf Rondonópolis assumiu as investigações e após diversas diligências, os policiais civis conseguiram localizar os suspeitos em uma residência no bairro Vila Birigui, no município.   

Em buscas no local, foi encontrado o aparelho celular da vítima, que foi levado durante o crime e também foi apreendida a motocicleta utilizada na fuga e as roupas usadas pelos suspeitos. Os presos foram conduzidos a Derf Rondonópolis, onde após serem interrogados, foram autuados em flagrante por latrocínio.

Fonte: Folhamax