Na sessão ordinária desta segunda-feira (22) o vereador Carmilton Jorge (PL) usou a tribuna para expressar as reivindicações prementes dos Matupaenses em quase 60 dias de atuação no legislativo.

Carmilton solicitou urgência da prefeitura em relação a limpeza dos pátios públicos e terrenos baldios que estão tomados pelo matagal, que se tornam esconderijos de delinquentes, propícios a procriação de animais peçonhentos e até criadouros do mosquito transmissor da dengue.

“Infelizmente a cidade está tomada pelo mato em praticamente todos os bairros. Matupá sempre foi conhecido como um município organizado, limpo e atrativo, mas a comunidade está cobrando uma ação mais urgente da atual administração em zelar pelo seu aspecto urbanístico e ambiental. Pelo que parece estamos regredindo neste aspecto, e isso não é positivo”, disse o vereador Carmilton Jorge.

O parlamentar também destacou que tem recebido inúmeras cobranças sobre a rede de iluminação pública, que está deficitária com muitas lâmpadas queimadas e falta de manutenção.

“Precisamos urgentemente a retomada do trabalho de instalação de lâmpadas de LED. É justo que aguardemos o Governo do Estado, mas existem casos urgentes, pois a falta da iluminação causa perigo aos que transitam no período noturno, favorece a criminalidade e coloca os bairros numa situação de escuridão. É importante lembrar que todos nós cidadãos pagamos a contribuição de iluminação pública, portanto precisamos do retorno em prestação de serviço de qualidade à população”, mencionou em tributa o vereador Carmilton.

Outro reclame levado ao conhecimento do Chefe do Poder Executivo, diz respeito a necessidade urgente de se contratar novos garis. A ampliação do quadro de profissionais desta área pública poderá otimizar a coleta de lixo, uma vez que a morosidade do trabalho está atrelada a insuficiência de recursos humanos, e isso se reflete em lixeiras lotadas, resíduos domiciliares espalhados nas calçadas, esparrame de material por animais domésticos nas vias e o atraso do processo de recolhimento.

“Fui chamado por garis que reclamam da rotina pesada e sobrecarga de trabalho. Matupá está crescendo, sãos muitas empresas e domicílios, consequentemente a demanda de lixo doméstico a de crescer, evidentemente acompanhando o crescimento populacional. Não podemos deixar a sujeira tomar conta, sem darmos melhores condições de trabalho aos garis e buscarmos um melhor planejamento de atuação com cronograma mais adequado as necessidades de uma cidade em constante desenvolvimento”, finalizou o vereador.

Fonte: noticiavip