O Ex-Prefeito de Matupá, Valtinho Miotto, concedeu entrevista as emissoras de rádio e televisão e sites de notícias da região quando da visita as obras de terraplenagem e construção de galerias e bueiros tubulares de concreto na MT-322 (antiga estrada municipal W-10) que liga Matupá a Novo Mundo.

Na ocasião ele informou que a exemplo do gestionamento político, tratativas técnicas, administrativas e ambientais, leis autorizativas e todo trabalho desenvolvido a época, e que viabilizou a estadualização da estrada W-10, está sendo empregado os mesmos esforços e moldes para que as estradas E-60, Joaçaba e Divisa Norte também sejam estadualizadas.  

Segundo Miotto, em seu governo foi feito um grande investimento na abertura do novo traçado da Estrada Municipal Divisa Norte em território Matupaense, dotando-a de pontes de concreto como as dos Rios Mineirão e Peixotinho I, galerias de aduelas, bueiros tubulares, rebaixamento de serras, detonação de rochas, alinhamento, aterramento e a eliminação de curvas.

“Infelizmente não houve interesse do atual gestor em dar prosseguimento a obra de infraestrutura rural que iria desafogar o fluxo de caminhões graneleiros, boiadeiros e madeireiros da Estrada E-60. Assim que assumiu a prefeitura foi determinada erroneamente a imediata paralização das obras desta que seria uma nova e estratégica via na logística de escoamento da produção agropecuária, florestal e da agricultura familiar dos municípios de Matupá, Peixoto de Azevedo e Guarantã do Norte”, lamentou Miotto.

Com uma larga experiência e conhecimento de obras estruturantes, Valtinho Miotto disse que se não houvesse a suspensão das obras da Estrada Divisa Norte a mesma já estaria concluída e sendo utilizada para o transporte de grãos, gado de corte, produção leiteira, hortifrutigranjeiros e da base florestal.

“Deixamos dinheiro em conta e os serviços de detonação complementares contratados, porém tudo foi abruptamente paralisado pelo atual gestor, causando este atraso desnecessário e grandes transtornos para os pequenos, médios e grandes produtores, que geram empregos, renda e dividendos tributários ao município”, comentou o ex-prefeito de Matupá.

Durante a entrevista, Valtinho Miotto declarou que caso o atual prefeito não retome a obra e cumpra com seu dever e obrigação, o trecho inacabado da Estrada Divisa Norte será retomado e concluído, nem que seja por meio do esforço dos próprios produtores através da Associação dos Produtores Rurais do Vale do Iriri em parceria com o Governo do Estado de Mato Grosso.    

É importante lembrar que este novo traçado encurtará a distância dos assentamentos rurais São José União, Padovani, Planalto do Iriri, Vida Nova II, Novo Horizonte, Páscoa, Aldeias Indígenas e todo Vale do Iriri até rodovia BR-163, onde estão estabelecidos grandes frigoríficos, silos, secadores e armazéns de grãos.

“Nós estamos com conversação adiantada com a associação de produtores e vamos fazer uma forte articulação política para que ocorra a estadualização, como aconteceu na Estrada W-10. Já está no Departamento Municipal de Engenharia todo levantamento técnico para elaboração do Projeto Executivo de Engenharia e Ambiental para posterior doação a SINFRA-MT visando a médio e longo prazo a pavimentação asfáltica da Estrada Divisa Norte”, informou Valtinho Miotto.

 
Fonte: noticiavip