O ano passado foi histórico – e não estamos falando sobre a pandemia. O mercado registrou ofertas públicas inesperadas, aumento de criptomoedas e valorização das ações. O número de bilionários na 35ª lista da Forbes dos mais ricos do mundo, publicada anualmente, explodiu para um número sem precedentes de 2.755 pessoas, 660 a mais do que em 2020. Ao todo, as fortunas consolidadas chegam a US$ 13,1 trilhões, valor bem acima dos US$ 8 trilhões da lista de 2020.

Outro recorde é o número de recém-chegados – cerca de um novo bilionário a cada 17 horas, incluindo 210 da China e de Hong Kong e 98 dos Estados Unidos. A recém-chegada mais rica, com US$ 38,2 bilhões, é Miriam Adelson, de Nevada (EUA). Após a morte do marido Sheldon Adelson, em janeiro, ela herdou um império no setor de cassinos. Outros novos integrantes notáveis incluem o produtor de cinema e TV Tyler Perry, a cofundadora do aplicativo de namoro Bumble, Whitney Wolfe Herd – a mais jovem bilionária self-made do mundo -, e o europeu Guillaume Pousaz, fundador da empresa de pagamentos Checkout.com. Outras 250 pessoas que haviam caído da lista de bilionários voltaram com força total. Ao todo, 86% de todos os bilionários estão mais ricos do que estavam há um ano.
Jeff Bezos é a pessoa mais rica do mundo pelo quarto ano consecutivo, com uma fortuna estimada em US$ 177 bilhões, US$ 64 bilhões a mais do que no ano passado – resultado do aumento das ações da Amazon. Elon Musk, o maior ganhador em dólares, disparou para o segundo lugar com uma fortuna de US$ 151 bilhões, US$ 126,4 bilhões a mais do que um ano atrás, quando ficou em 31º lugar e tinha “apenas” US$ 24,6 bilhões. O principal motivo para essa performance foi o aumento de 705% nas ações da Tesla. O magnata francês do luxo, Bernard Arnault, manteve o terceiro lugar, mas sua fortuna quase dobrou: foi de US$ 76 bilhões para US$ 150 bilhões graças ao aumento de 86% nas ações da LVMH, conglomerado que inclui marcas como Louis Vuitton, Christian Dior e a varejista de cosméticos Sephora. As fortunas dos dez mais ricos somadas é de US$ 1,15 trilhão, quase o dobro dos US$ 686 bilhões do ano passado. Ao todo, os bilionários da Europa estão US$ 1 trilhão mais ricos do que há um ano.

Este ano, há quatro pessoas cujas fortunas equivalem a US$ 100 bilhões ou mais. No ano passado, apenas Bezos era dono de um patrimônio assim. Além dele, de Musk e Arnault, há também Bill Gates, que ocupa o quarto lugar com US$ 124 bilhões, impulsionado pela força das ações que possui na Microsoft, Canadian National Railway e na fabricante de tratores Deere & Company.
O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, completa o top 5 com US$ 97 bilhões, US$ 42,3 bilhões a mais do que um ano atrás. As ações da rede social aumentaram 80% em 2020, quando pessoas ao redor do mundo usaram suas plataformas de mídia social para manter contato. A mulher mais rica deste ano é a herdeira dos cosméticos Francoise Bettencourt Meyers, da França.

Warren Buffett é a sexta pessoa mais rica do mundo, com um patrimônio de US$ 96 bilhões. É o primeiro ano desde 1993 que o respeitado investidor que administra a Berkshire Hathaway não aparece entre os cinco primeiros. Também conhecido como Oráculo de Omaha, o bilionário de 90 anos acumulou US$ 28,5 bilhões a mais do que em 2020.

Os EUA ainda tem mais bilionários do que qualquer outro país, com 724, mas a China está fechando o cerco com 698 representantes (essa conta inclui 71 de Hong Kong e 1 de Macau). No ano passado, eram 614 bilionários norte-americanos contra 456 chineses. A Índia tem o terceiro maior número de bilionários, com 140. Ao todo, os 1.149 bilionários dos países do território Ásia-Pacífico detêm US$ 4,7 trilhões, enquanto os bilionários norte-americanos valem US$ 4,4 trilhões.

LEIA TAMBÉM: Os bilionários de Hong Kong em 2021: grandes ganhos, mas pandemia impacta fortunas

Um recorde de 1.975 bilionários são considerados self-made – no ano passado eram 1.457. Isso equivale a 72% da lista (contra cerca de 70% em 2020). É uma mudança marcante em relação à lista de bilionários de 2001, quando apenas 49% do total das 565 pessoas mais ricas do mundo tinham essa característica.

Algumas sinalizações importantes foram detectadas em relação aos 493 recém-chegados: criptomoedas, SPACs (empresas de aquisição de propósito específico), IPOs tradicionais e assistência médica relacionada à Covid-19.

Sessenta e uma pessoas que apareceram na lista de 2020 foram excluídas na nova edição, o menor número em uma década. Entre as saídas mais notáveis estão a de Kylie Jenner, integrante da família Kardashian e empreendedora do setor de beleza, e o governador da Virgínia Ocidental Jim Justice.

Vinte e três bilionários morreram desde meados de março de 2020, incluindo Benjamin de Rothschild, da Suíça, herdeiro de uma fortuna bancária histórica; o magnata do banco brasileiro que leva seu sobrenome Joseph Safra; e o proprietário dos cassinos Sheldon Adelson. Em 27 de março, depois que a Forbes finalizou a classificação deste ano, o bilionário tcheco Petr Kellner morreu em um acidente de helicóptero no Alasca. Sua fortuna de US$ 17,5 bilhões, que provavelmente passará para sua esposa e filhos, está incluída em nosso levantamento.

A Forbes usou os preços das ações e as taxas de câmbio de 5 de março para calcular o patrimônio líquido. No ano passado, a data de corte foi 18 de março.

 

 

Você sabia que cerca de 2 mil bilionários possuem mais riqueza do que 60% da população mundial? Estes dados chocantes foram apontados pela organização não-governamental Oxfam.

Ao contrário do que muitos pensam, somente algumas pessoas nessa lista começaram do zero. A maioria herdou toda ou parte de sua fortuna. Os dados que utilizamos são os mais recentes divulgados pela Bloomberg Billionaires Index.

1. Elon Musk

Elon Musk

  • Fortuna: US$ 194 bilhões
  • País: Estados Unidos da América
  • Origem da fortuna: Tesla

Elon Musk tem os seus trabalhos voltados para a revolução do transporte. Seja na Terra, com seus carros elétricos de luxo da Tesla, seja no espaço, com a produção de foguetes através da empresa SpaceX. A companhia que promete revolucionar as viagens espaciais está avaliada em mais de 100 bilhões de dólares e Musk parece não parar nas invenções.

2. Jeff Bezos

Jeff Bezos

  • Fortuna: US$ 191 bilhões
  • País: Estados Unidos da América
  • Origem da fortuna: Amazon

Jeff Bezos é o primeiro homem do mundo a acumular uma fortuna de mais de 100 bilhões de dólares! (Mas o que é que uma pessoa faz com tanto dinheiro?). Ele é o fundador da gigante de vendas online da Amazon, e investe alguma de sua fortuna na exploração espacial.

3. Bill Gates

Bill Gates

  • Fortuna: US$ 136 bilhões
  • País: Estados Unidos da América
  • Origem da fortuna: Microsoft

Até 2017, Bill Gates era o homem mais rico do mundo. Um dos fundadores da Microsoft, ele fez uma fortuna vendendo o software para computadores mais utilizado do mundo. Atualmente, ele dedica seu tempo e dinheiro à sua fundação caridosa, a Bill & Melinda Gates Foundation, que procura eliminar a pobreza e a doença no mundo. Gates provavelmente seria o 1º desta lista se não tivesse doado quase 36 bilhões de dólares ao longo da vida.

4. Bernard Arnault

Bernard Arnault

  • Fortuna: US$ 114 bilhões
  • País: França
  • Origem da fortuna: LVMH

LVMH significa Louis Vuitton Moet Hennessy. Pois é, esse é o rei da marca Louis Vuitton! Além de ser o dono dessa grife super famosa, Bernard Arnault também detém as marcas Sephora e Christian Dior. Esse empresário é cheio de estilo!

5. Mark Zuckerberg

Mark Zuckerberg

  • Fortuna: US$ 103 bilhões
  • País: Estados Unidos da América
  • Origem da fortuna: Facebook

Nascido em 1984, Mark Zuckerberg é o mais novo desta lista. Ele desistiu da faculdade em Harvard para se dedicar a um projeto especial: o Facebook. O sucesso do Facebook foi tão grande que já há um filme sobre sua criação! Hoje em dia, a empresa do Facebook também é dona do WhatsApp e do Instagram, três das maiores redes sociais do mundo.

6. Larry Page

Larry Page

  • Fortuna: US$ 96,6 bilhões
  • País: Estados Unidos da América
  • Origem da fortuna: Google

Co-fundador da Google, Page fez sua fortuna do sucesso de seu trabalho. Junto com Brin, ele criou o algoritmo que decide a ordem em que os sites são apresentados, de acordo com a relevância e a qualidade. Atualmente, a companhia que detém a Google se chama Alphabet.

 

7. Zhong Shanshan

  • Fortuna: US$ 94,1bilhões
  • País: Ehina
  • Origem da fortuna: Bebidas e farmacêuticos

O bilionário chinês Shanshan é o fundador da maior companhia de bebidas da China. Curiosamente, o empresário já teve diversos trabalhos ao longo da sua vida, tal como repórter, antes de fundar a sua própria empresa. Ele é também presidente da companhia farmacêutica Wantai.

8. Sergey Brin

Sergey Brin

  • Fortuna: US$ 93,2 bilhões
  • País: Estados Unidos da América
  • Origem da fortuna: Google

Nascido na Rússia, Sergey Brin se mudou com seus pais para os Estados Unidos quando tinha seis anos. Na faculdade, ele conheceu Larry Page e os dois desenvolveram o Google. O que eles nem imaginavam era que o Google se tornaria o maior motor de buscas do mundo!

9. Warren Buffett

Warren Buffett

  • Fortuna: US$ 91,1 bilhões
  • País: Estados Unidos da América
  • Origem da fortuna: Berkshire Hathaway

O mercado de ações não é para todos. Mas Warren Buffett já trilha esse caminho desde os 11 anos! Guru financeiro, ele tem talento de sobra para identificar bons investimentos. Sua empresa, Berkshire Hathaway, também controla vários negócios diferentes. Além disso, Warren Buffett doa muito dinheiro para a caridade.

10. Steve Ballmer

Steve Ballmer

  • Fortuna: US$ 87,9 bilhões (R$ 372,2 bilhões)
  • País: Estados Unidos da América
  • Origem da fortuna: Microsoft (até 2014), Los Angeles Clippers

Amigo de Bill Gates, Ballmer ingressou na Microsoft em 1980. Foi o primeiro diretor administrativo da empresa de Gates. Como CEO, a Microsoft cresceu bastante, tornando-se líder mundial do ramo - e a fortuna de Ballmer acompanhou essa trajetória ascendente. Após se aposentar, em 2014, resolveu investir no ramo dos esportes, adquirindo por 2 bilhões de dólares o time de basquete da NBA Los Angeles Clippers.

11. Larry Ellison

Larry Ellison

  • Fortuna: US$ 80,1 bilhões
  • País: Estados Unidos da América
  • Origem da fortuna: Oracle software

Mais um bilionário da indústria tecnológica. Sua empresa Oracle começou criando bases de dados para lidar com a informatização do comércio, no fim dos anos 1970. A Oracle oferece principalmente produtos de software. Atualmente, Larry Ellison não é o diretor da empresa mas continua numa posição de liderança.

12. Mukesh Ambani

Mukesh Ambani

  • Fortuna: US$ 79,8 bilhões (R$ 468,3 bilhões)
  • País: Índia
  • Origem da fortuna: Reliance Industries Limited (RIL)

O homem mais rico da Ásia é o presidente, diretor-executivo e maior acionista da maior empresa privada da Índia. O conglomerado industrial que ele comanda, a RIL, surgiu no ramo têxtil e hoje oferece diversos produtos nos ramos do entretenimento, energia, materiais, varejo e serviços digitais.

13. Françoise Bettencourt Meyers

  • Fortuna: US$ 74,9 bilhões
  • País: França
  • Origem da fortuna: L’Oreal
 

Françoise Bettencourt Meyers entrou para esta lista em 2017, quando sua mãe, Liliane Bettencourt, faleceu. Seu avô, Eugène Schueller, fundou a L’Oreal, uma das empresas de cosmética mais conhecidas do mundo. Fraçoise é a mulher mais rica do mundo.

14. Ma Huateng

  • Fortuna: US$ 74,3 bilhões
  • País: China
  • Origem da fortuna: Tencent

Também conhecido como Pony Ma, Huateng é cofundador e presidente da Tencent, uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, com valor estimado de 130 bilhões de dólares. A Tencent investe no mercado de jogos digitais, social ads, plataformas de streaming e no mercado musical.

15. Colin Huang

  • Fortuna: US$ 70,4 bilhões
  • País: China
  • Origem da fortuna: e-commerce

O empresário chinês Colin Huang é o presidente da empresa de e-commerce Pinduoduo, incorporada nas ilhas Cayman. Ao longo de sua carreira, Huang trabalhou como estagiário em empresas como a Google e a Microsoft antes de se tornar um jovem bilionário.

16. Amancio Ortega

  • Fortuna: US$ 64,7 bilhões
  • País: Espanha
  • Origem da fortuna: Inditex

Amancio Ortega e sua esposa Rosalia Mara fundaram uma das maiores empresas de roupa e moda do mundo: a Inditex. Essa empresa está por trás de marcas muito conhecidas como a Pull & Bear e a Massimo Dutti. Mas a maior marca da empresa é a Zara, que tem lojas de roupa a preços acessíveis em todo o mundo.

17. Rob Walton

Rob Walton

  • Fortuna: US$ 63,2 bilhões
  • País: Estados Unidos da América
  • Origem da fortuna: Walmart

Rob é o filho mais velho de Sam Walton, fundador da gigante dos supermercados Walmart. Começou a trabalhar na empresa do pai em 1969. Em 1992, após o falecimento do patriarca, assumiu a presidência do conselho da empresa, cargo que ocupou até 2015. Apesar de não ser mais presidente, Rob ainda faz parte do conselho.

18. Jim Walton

Jim Walton

  • Fortuna: US$ 63,1 bilhões
  • País: Estados Unidos da América
  • Origem da fortuna: Walmart

Jim Walton herdou sua fortuna do pai, Sam Walton Além fazer parte da diretoria da Walmart durante vários anos, ele também esteve envolvido no lado financeiro. Atualmente, ele é o diretor do banco da família, o Arvest Bank.

19. Alice Walton

Alice Walton

  • Fortuna: US$ 62,9 bilhões
  • País: Estados Unidos da América
  • Origem da fortuna: Walmart

A Walmart tem dado muito lucro para a família Walton! Alice herdou sua fortuna de seu pai, Sam Walton, o fundador da Walmart, mas não seguiu seus passos. Em vez de gerir a rede de supermercados, ela se dedica ao seu museu de arte. Sua coleção pessoal de obras de arte vale milhões!

 

20. Charles Koch

Charles Koch

  • Fortuna: US$ 59,4 bilhões
  • País: Estados Unidos da América
  • Origem da fortuna: Koch Industries

Charles Koch é o diretor da Koch Industries. Os dois irmãos juntos são donos de mais de 80% da empresa, mantendo o negócio na família. Atualmente, a Koch Industries é a segunda maior empresa privada dos Estados Unidos!

21. Julia Koch

  • Fortuna: US$ 59,4 bilhões
  • País: Estados Unidos da América
  • Origem da fortuna: Koch Industries

Após o falecimento de David Koch, em 2019, Julia e seus três filhos herdaram 42% das Indústrias Koch. Começando com a refinação de petróleo, a empresa se expandiu para vender todo tipo de produtos, de fertilizantes a papel higiênico!

22. Mackenzie Scott

  • Fortuna: US$ 58,6 bilhões
  • País: Estados Unidos da América
  • Origem da fortuna: Amazon

Mackenzie é ex-mulher de Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo. Quando se divorciaram, em meados de 2019, Mackenzie ficou com 25% da participação de Bezos na gigante Amazon. Além de empresária, ela também é escritora - publicou seu primeiro romance em 2005. Mackenzie faz parte da organização filantrópica The Giving Pledge, que reúne endinheirados de todo mundo empenhados em contribuir com causas sociais.

23. Phil Knight e família

  • Fortuna: US$ 55 bilhões
  • País: Estados Unidos
  • Origem da fortuna: Nike

Phil Knight é o co-fundador e ex-CEO da gigante dos calçados Nike. Formado na Universidade de Oregon nos Estados Unidos, Knight fazia atletismo e tinha como treinador, Bill Bowerman, com quem iria co-fundar a Nike. Hoje, o biolionário estadunidense é também dono da empresa de animação Laika.

24. Jack Ma

jack ma

  • Fortuna: US$ 55 bilhões
  • País: China
  • Origem da fortuna: Alibaba Group

Ma é um caso raro nesta lista de bilionários: veio de baixo. Sua família mal tinha grana para bancar seus estudos. Aprendeu a falar inglês trabalhando como guia turístico em sua cidade natal. No final dos anos 80, tornou-se professor de inglês. Hoje, é dono da gigante do e-commerce Alibaba.

Fonte: terra.com.br