A polícia Militar de Ipiranga do Norte foi solicitada por volta das 04:00h deste domingo (10/10) por servidores de plantão da secretaria de saúde, onde relataram fazer um atendimento de uma mulher caída no solo, em frente da Câmara de Vereadores.

Segundo os plantonistas, ao chegarem no local verificaram que o motivo da mulher estar caída se tratava de embriaguez e próximo dela e um carrinho de bebê com uma criança de 10 meses. Por causa da mulher está inconsciente viu-se a necessidade de encaminhar os cuidados médicos. Foi então que a recepcionista entrou em contato com o Conselho Tutelar para informar e solicitar orientações do que fazer com a criança. Então a conselheira foi até o local e disse que não poderia fazer nada e nem saberia o que fazer.

Quando os policiais chegaram ao local, novamente entraram em contato com a referida conselheira de plantão, informando que era competência e responsabilidade do Conselho Tutelar a integridade da menor. Foi então que os policiais sugeriram que uma testemunha ficasse com a criança, até que se encontrasse outro representante legal da criança.

Ainda segundo as informações de uma atendente da lanchonete, a mulher encontrada bêbeda estava fazendo uso de bebida alcoólica e durante um longo período na noite, porém não tinha se ela estava com alguma criança durante o momento que estava no estabelecimento.

Fonte: JK Notícias