Uma mulher, de 25 anos, foi presa pela Polícia Militar acusada de agredir fisicamente o filho adotivo de apenas, 7 anos, em uma residência, no bairro Setor 1, em Novo Mundo (291 quilômetros de Sinop), ontem à noite.

De acordo com informações dos soldados da PM, Rayllson Barros e Gabriel Castella, a prisão correu após denúncia de moradores. A mulher foi encontrada junto com o marido e a sogra dela. No momento da prisão, ela assumiu ter agredido a criança por ‘ela ter teimado’.

Os policiais constataram que o menino tinha diversos hematomas pelo corpo. O Conselho Tutelar foi acionado para as providências necessárias. As conselheiras contaram que a criança está sob a tutela da mulher e do esposo dela há pouco mais de 3 anos.

Consta ainda no documento, que as conselheiras já acompanham a situação da criança há muito tempo. Além disso, a acusado já teria agredido o menino outras vezes. A criança ficou sob a responsabilidade das conselheiras.

A mulher foi encaminhada à delegacia da Polícia Civil. Não foi confirmado se continua presa.

Só Notícias/Cleber Romero

Fonte: sonoticias