O gerente de uma fazenda, identificado como Giovane, foi baleado após sofrer um atentado na manhã desta quarta-feira (22) na região conhecida como fazenda “Magali”, de propriedade do ex-deputado José Riva e do ex-governador Silval Barbosa. A propriedade é localizada em Colniza (1.076 km de Cuiabá).

As informações preliminares são de que o gerente trabalha na propriedade e foi atingido por dois tiros. O atentado aconteceu na entrada da linha-04 sentido Distrito de Guariba, quando o gerente estava em uma caminhonete Hilux. 

Mesmo ferido, Giovane teria conseguido dirigir o carro até ao hospital André Maggi e recebeu atendimento. Ele teria sido atingido em um dos braços e costas.

Uma imagem mostra que o veículo tem, ao menos, 13 disparos nas portas e vidros. A área é conhecida pelo conflito de terras e já foi palco de confrontos no inicio do ano.

Na época, o confronto teria ocorrido entre seguranças da Fazenda “Bauru” - antiga fazenda Magali- e supostos membros do movimento sem-terra que tentavam “invadir” o local. Sete pessoas foram socorridas e encaminhadas para atendimento médico hospitalar. 

O Ministério Público Estadual vinha alertando sobre o risco de conflito no local. Na ocasião, o órgão encaminhou ofício ao governo do Estado de Mato Grosso informando a possibilidade de um conflito armado na região, por disputa de terras, e pedindo providências.

 

Galeria de Fotos

 
 
 
Fonte: Folhamax