Uma homem recém-casado desapareceu por pelo menos oito dias após o café da manhã de sua própria lua de mel, em Alta Floresta (790 km de Cuiabá). O caso foi registrado na polícia no mês de maio, depois da esposa preocupar-se com o paradeiro do companheiro.

J.R.O.J, conhecido como “Rui”, teria saído de casa numa moto modelo Factor “zerada”, ainda sem placa e não voltou mais para casa. Em reportagem da TV Record local, a servidora pública relata que havia suspeita de que o marido teria recebido uma mensagem da empresa onde trabalha para realizar uma suposta viagem.

No entanto, a empresa não confirmou o envio da mensagem. Fotos do desaparecido chegaram a serem compartilhadas pela esposa em rede sociais, que entrou em “pânico” com o sumiço.

A Polícia Civil local informou que o homem chegou a fazer um saque de R$ 1,8 mil da conta e não apareceu no trabalho. “Ele disse que estava tão feliz com a nossa união, mas que estava com medo dessa felicidade. Aí, ele recebeu a mensagem”, contou a época na reportagem a TV Record.

A mulher ainda contou que tentou contato com familiares do esposo que moram no sul do Brasil, mas que nem mesmo eles sabem do paradeiro do homem. O marido sumido compareceu a delegacia de Alta Floresta no último dia 5, esclarecendo que três dias depois do ocorrido percebeu que estava na cidade de Aripuanã, sozinho e não se lembrava de nada, momento em que procurou ajuda para localizar sua esposa. "Ele alegou que possui casos de Alzheimer na família e que vai procurar ajuda de um especialista para esclarecer o fato", informou a PJC.

Ao Folhamax, a mulher contou que o marido ficou 8 dias desaparecido após ter um surto, mas que agora passa bem e já está com a família. Ela ainda informou que o marido tem acompanhamento médico.

 

 

 
 
Fonte: Folhamax