A Polícia Militar conduziu até a delegacia de Polícia Civil, cinco pessoas que estavam em um estabelecimento que comercializa a atividade sexual. A ação ocorreu na tarde da última segunda-feira (09), durante as operações "Tempus" e "Valéria", ocorridas no setor F, na cidade de Alta Floresta.

Na ação consta que no referido local foram abordadas inicialmente duas mulheres, sendo uma delas a proprietária do bar, que gerencia o local, e a outra responsável pelo arrendamento. Ambas foram detidas e autuadas pelo crime de Rufianismo (É crime que consiste em tirar proveito da prostituição alheia, participando diretamente de seus lucros).

Na ação foram abordadas outras duas mulheres que trabalhavam no estabelecimento. Durante varredura, os policiais concluíram que o local é insalubre e com condições precárias para a existência humana.

Com resultado da ação foram conduzidas até a Central de Operações da Polícia Militar (COPOM) para o registro do caso, cinco pessoas e R$ 3.478,00.

Fonte: Nortão Noticias