A informação foi divulgada pelo delegado regional Geraldo Gezoni. Uma foto com vários investigadores da PJC em frente à delegacia de Peixoto de Azevedo, ilustra o início dos trabalhos.

A operação tem o objetivo de chegar até os criminosos, que assassinaram no dia 15 de novembro o repórter de tv e locutor de rádio Ediney Menezes.

Ediney estava parado com o seu veículo, um HB20 preto, na Avenida Itamar Dias, quando dois homens, em uma motocicleta se aproximaram do veículo e o garupa disparou pelo menos três tiros no jornalista.

Uma câmera de segurança, instalada nas proximidades, registrou toda a ação. O crime ganhou destaque nacional.

A operação deflagrada na manhã desta quinta-feira (26/11), conta com os profissionais da Delegacia Municipal de Peixoto de Azevedo com apoio da Regional de Guarantã do Norte.

Segundo informações, uma pessoa já foi presa. Trata-se de um jovem de 20 anos. Outros dois suspeitos já foram identificados e estão com mandados de prisões expedidos pela justiça.

A motocicleta usada no crime, também já foi apreendida.

Fonte: Claudia Godinho