O copiloto do avião que saiu da Bolívia transportando quase 300 kg de drogas e caiu em Brasnorte, na região norte de Mato Grosso, na terça-feira (7), foi preso por policiais militares. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (9).

Segundo a PM, o copiloto, de 29 anos, confessou que estava na aeronave e que receberia dinheiro para levar a droga para Goiânia. O piloto tentou fugir, mas foi localizado e preso no mesmo dia.

Os policiais militares foram acionados por populares que relataram terem visto um homem com uma mochila pedindo carona nas proximidades do Rio Cravari. De imediato, os policiais cercaram a região e localizaram a carreta em que o suspeito havia pedido carona.

Ele relatou que o piloto da aeronave foi mudar a rota quando caíram na região de mata e que estava escondido no matagal.

Os policiais conduziram o suspeito para a Polícia Federal.

 

O avião

 

De acordo com a Polícia Federal, foram encontrados 296 kg de cocaína e 1 kg de maconha dentro da aeronave. Além das drogas, o avião foi apreendido.

Segundo a polícia, o veículo não tinha plano de voo e entrou no espaço aéreo do Brasil pela fronteira com a Bolívia, mas foi interceptado pela Força Aérea Brasileira (FAB).

Em seguida, o piloto tentou fazer um pouso forçado em um campo aberto do município, mas acabou perdendo o controle e caiu.

Todo o material apreendido foi encaminhado para a base da PF em Cuiabá.

A polícia informou que as buscas continuar para tentar localizar outros integrantes de uma suposta organização criminosa envolvida no tráfico de drogas entre Brasil/Bolívia.

 
Fonte: G1 Mato Grosso