O deputado estadual Dilmar Dal Boco (DEM) e o ex-deputado estadual Pedro Satélite (PSD) são alguns dos alvos da operação deflagrada nesta sexta-feira (14) pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) e pelo Naco (Núcleo de Ação de Competências Originárias). Agentes dos dois órgãos, ligados ao Ministério Público Estadual, estão nas residências deles cumprindo os mandados.  

Em relação a Dal Bosco, além de Cuiabá, o MPE está cumprindo mandados em Sinop, base eleitoral dele. Em Cuiabá, um dos mandados é cumprido no Condomínio Belvedere, de alto padrão no Coxipó, e também no Alphaville, na região do Carumbé. 

Não há informações se os mandados são apenas de busca e apreensão ou se há mandados de prisão na operação. Ainda não se sabe oficialmente qual o motivo da operação.

Contudo, Dal Bosco e Satélite foram alvos da Operação Rota Final em 2018, que apurou suposto esquema no sistema de transporte intermunicipal do Estado. O Ministério Público confirmou a operação e deve se manifestar sobre o assunto ainda hoje.

Fonte: Folha max