O governo de Mato Grosso criou um programa para premiar os municípios que tiveram o melhor desempenho nas campanhas de imunização contra a Covid-19 no estado. O 'Imuniza MT' será lançado nesta quarta-feira (21), no Palácio Paiaguás.

O objetivo, segundo o governo, é organizar e acelerar a imunização em Mato Grosso.

Um levantamento feito pelo G1 no dia 29 de junho deste ano mostrou que, das 141 cidades do estado, 73 vacinaram menos de 10% da população com a 2ª dose. As cidades que menos vacinaram até então, foram Lucas do Rio Verde, Colniza, Campo Novo do Parecis, Cotriguaçu, Tapurah e Sapezal, todas com apenas 4% da população imunizada com a segunda dose da vacina.

Já os municípios que mais aplicaram a segunda dose até o dia do levantamento foi Nossa Senhora do Livramento, com 32% da população imunizada com a segunda dose, General Carneiro, com 30%, Santo Afonso, com 28%, Campinápolis, com 25%, Gaúcha do Norte, com 23% e São Félix do Araguaia, com 21%.

À época, Porto Estrela era o município com a maior taxa de imunização do estado com a primeira dose em relação a quantidade de habitantes. O município tinha vacinado 59% da população.

 

Redução dos casos

 

 

Uma pesquisa do Instituto Butantan aponta que, com 75% da população imunizada, a pandemia pode ser controlada. Nesse trabalho realizado em Serra, no interior de São Paulo, os pesquisadores mediram os efeitos da imunização em larga escala na cidade. A cidade, de 45 mil habitantes, foi escolhida para a vacinação em massa porque tinha um alto índice de contágio.

A vacinação ainda não tinha terminado quando serrana enfrentou um aumento no número de casos. O cenário mudou entre o fim de março e o começo de abril, quando mais de 70% da população tinha sido vacinada.

Fonte: G1 Mato Grosso