No mês da campanha de conscientização do câncer de mama é importante lembrar que dieta equilibrada reflete na saúde das mulheres

 O câncer de mama é o que mais acomete as mulheres no mundo todo, representando 24,2% do total de casos em 2018 ou 2,1 milhões de casos, de acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca). Este tipo de câncer é o mais frequente de morte entre as mulheres em todo o mundo.

 

No Brasil, excetuando os tumores de pele não melanoma, o câncer de mama também é o mais incidente em mulheres de todas as regiões. Para o ano de 2020 foram estimados 66.280 casos novos, o que representa uma taxa de incidência de 43,74 casos por 100.000 mulheres 2.

Também de acordo com o Inca, a taxa de mortalidade por câncer de mama ajustada pela população mundial apresenta uma curva ascendente e representa a primeira causa de morte por câncer na população feminina brasileira, com 13,84 óbitos/100.000 mulheres em 2018.

 

Mas, há medidas de prevenção e elas são as de maior impacto. Criada há mais de duas décadas, a campanha Outubro Rosa é uma destas ações. Além disso, o Inca sugere que hábitos preventivos e saudáveis podem evitar cerca de 30% dos diagnósticos.

 

“Uma alimentação balanceada é sempre importante para a saúde de forma geral, mas, no caso da prevenção do câncer, alguns alimentos podem ter uma função anticarcinogênica (agentes que reduzem a frequência ou a taxa de tumores espontâneos)”, explica a nutricionista Iara Gamboa de Oliveira, da rede de supermercados mato-grossenses Casa Aurora.

 

Confira uma lista de alimentos que auxiliam na prevenção do câncer de mama:

 

Frutas vermelhas - como framboesa e amora, contêm antocianinas que retardam o crescimento de células pré-malignas.
Romã - contêm ácido elágico, um antioxidante que ajuda a inibir a enzima responsável pelo surgimento de células cancerígenas.
Melancia, Morango e Tomate - são frutas ricas em licopeno que protege as células do nosso organismo contra os radicais livres, além de ser também responsável por estimular o sistema imunológico.
Cenoura - rica em carotenoides, que atuam no combate aos radicais livres. Abóbora, mamão, manga são outras boas fontes desse nutriente.
Brócolis - contém sulforafano, capaz de aumentar o número de enzimas protetoras presentes no tecido mamário. Couve, agrião, rúcula, espinafre são outras boas fontes.
Soja - Rica em fitoestrógenos que atuam como protetores contra o câncer de mama.
Linhaça - É fonte de lignana, um fitoestrógeno de ação relacionada à prevenção de câncer de mama.
Cogumelos - Contém antioxidantes que auxiliam na prevenção da doença.

Azeite de oliva, abacate e castanhas – fontes de gorduras boas com propriedades anticancerígenas.

 

O QUE EVITAR – A nutricionista Iara Gamboa de Oliveira afirma que, além de preferir alimentos saudáveis, é preciso também evitar outros. “Carnes vermelhas em excesso, embutidos, fast foods, frituras e industrializados estão entre os vilões da alimentação. Assim, ao evitar o consumo destes alimentos e escolher comer aqueles com mais características positivas, o caminho já estará pavimentado para uma vida mais equilibrada”, diz.

 

CASA AURORA – A rede de supermercados possui cinco unidades no Norte de Mato Grosso, sendo dois em Sinop, um em Matupá, um em Sorriso e um em Guarantã do Norte. Mais informações: http://casaaurora.com.br ou instagram.com/casaaurorasupermercados.

Fonte: ASSESSORIA