Em Mato Grosso, 27 municípios têm risco muito alto para contágio da Covid-19. Outros 114, como Cuiabá e Várzea Grande, estão classificadas na categoria alta para contaminação pelo vírus.

Nenhum município foi classificado com risco moderado ou baixo. Informação consta em boletim informativo da Secretaria Estadual de Saúde (SES) nesta terça (15).

Método definido pela pasta leva em consideração média móvel de casos da doença registradas nos últimos 14 dias. Dados registrados são os acumulados dos últimos 90 dias.

Conforme já noticiou o RD News, nas últimas 24 horas Mato Grosso registrou 43 mortes e 2,3 mil novas confirmações da doença.

Método para classificação

O método para definir a classificação de risco dos municípios passou por aprimoração. A mudança foi publicada no Diário Oficial do dia 25 de março de 2021. Desde então, não é levado em consideração apenas o número absoluto dos casos dos últimos quatorzes dias, mas sim a média móvel dos últimos quatorze dias.

Assim, o município não sofrerá uma mudança brusca de um boletim para o outro; a cidade ficará na mesma categoria por pelo menos duas semanas, conforme sua média móvel de casos.

Também foi aperfeiçoado o cálculo dos casos acumulados. Antes eram considerados os casos acumulados a partir do dia 1º de dezembro de 2020. Com a nova metodologia, a análise será realizada sempre com base nos casos acumulados dos últimos 90 dias.

Risco muito alto

Entre as cidades com risco muito alto para contaminação pelo novo coranavírus aparecem: Água Boa, Araguainha, Arenápolis, Barra do Bugres, Barra do Garças, Cáceres, Campo Novo do Parecis, Campo Verde, Cláudia, Confresa, Guiratinga, Itanhangá, Juína, Lucas do Rio Verde, Luciara, Nova Mutum, Peixoto de Azevedo, Primavera do Leste, Rondonópolis, Santa Rita do Trivelato, Santo Antônio do Leste, São José do Povo, Sapezal, Sorriso, Tangará da Serra, Torixoréu e Vila Rica.

Fonte: RD NEWS