Atualmente, há 2.937 mulheres na fila de espera por exames de mamografia na Central Estadual de Regulação de Mato Grosso. Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Segundo a SES, o tempo de espera pelo exame depende da regulação de cada um dos 141 municípios, os quais são também responsáveis por realizar a mamografia.

A secretaria informou que durante todo o mês de outubro, a unidade móvel de Saúde da Mulher estará estacionada no Hospital Estadual e auxiliará na realização de exames preventivos, que fará parte do 

projeto Outubro Rosa 2021, que visa realizar 13 mil procedimentos entre consultas e exames voltados para a saúde da mulher.

A meta é realizar 1.840 exames de mamografia, 1.840 consultas com mastologista, 3.312 consultas com ginecologista, 3.312 exames de Papanicolau, 1.380 ultrassonografias de mama e 1.380 ultrassonografias ginecológicas.

O público alvo são mulheres entre 40 e 69 anos de idade, usuárias SUS.

As mulheres que forem diagnosticadas poderão fazer o tratamento no próprio hospital tendo em vista que a unidade de saúde é referência em oncologia.

O Hospital preparou uma estrutura com recepção, consultórios, box de testagem Covid-19 e aparelhos para exames.

A Campanha ofertará consultas médicas especializadas e exames para prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama e do câncer do colo do útero.

A unidade móvel que auxiliará o hospital no atendimento das mulheres foi idealizada pela SES em 2019 e adquirida pela pasta, por R$ 3,8 milhões, para iniciar em 2020 as atividades no interior do Estado. Contudo, devido à pandemia pela Covid-19, a implementação do serviço foi adiada.

A ação será realizada em forma de mutirão, para que milhares de mulheres consigam acesso gratuito a esses serviços, reduzindo também a fila do Sistema Único de Saúde (SUS).

Fonte: G1-MT